jornal plural do agrupamento de escolas dr. manuel laranjeira

DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL

A preocupação com o estado do ambiente no planeta manifestou-se pela primeira vez, ao mais alto nível, em 1972 aquando da Conferência das Nações Unidas Sobre o Ambiente Humano (CNUAH), realizada em Estocolmo, e da qual resultou a criação, pela Assembleia Geral das Nações Unidas, do Programa das Nações Unidas para o Ambiente (PNUA).

A preocupação com o estado do ambiente no planeta manifestou-se pela primeira vez, ao mais alto nível, em 1972 aquando da Conferência das Nações Unidas Sobre o Ambiente Humano (CNUAH), realizada em Estocolmo, e da qual resultou a criação, pela Assembleia Geral das Nações Unidas, do Programa das Nações Unidas para o Ambiente (PNUA).
Dos trabalhos desta Conferência nasceu a Declaração do Ambiente que no seu Princípio 1 afirma que o homem tem direito a usufruir de “um ambiente cuja qualidade lhe permita viver com dignidade e bem-estar, cabendo-lhe o dever solene de proteger e melhorar o ambiente para as gerações atuais e vindouras”.
Em 1983, o então Secretário-Geral das Nações Unidas (ONU), solicitou à Sr.ª Gro Harlem Brundtland, primeira-ministra da Noruega, que instituísse e presidisse a uma comissão especial independente que elaborasse um relatório sobre ambiente e desenvolvimento. Surgiu assim a Comissão Mundial para o Ambiente e Desenvolvimento (CMAD).
A CMAD foi criada com objetivo de:
■ Reexaminar os problemas ambientais e do desenvolvimento e definir propostas de ação inovadoras, concretas e realistas para os remediar;
■ Reforçar a cooperação internacional nos domínios do ambiente e do desenvolvimento;
■ Aumentar o nível de compreensão e de compromisso sobre a questão ambiental e o desenvolvimento, por parte dos governos, dos indivíduos, das instituições, das organizações e das empresas.
A Sr.ª Brundtland definiu Desenvolvimento Sustentável como um modelo de desenvolvimento que “responda às necessidades do presente sem comprometer a capacidade de as gerações futuras darem resposta às suas próprias necessidades”.
Como resultado dos trabalhos da CMAD, ficou definitivamente assumido que ambiente e desenvolvimento são questões inseparáveis.
A 1 de janeiro de 2016, entrou em vigor a resolução da Organização das Nações Unidas (ONU) intitulada “Transformar o nosso mundo: Agenda 2030 de Desenvolvimento Sustentável”, constituída por 17 objetivos desdobrados em 169 metas.
A Agenda 2030 de Desenvolvimento Sustentável aborda várias dimensões do desenvolvimento sustentável – social, económico e ambiental -, mobilizando os meios de implementação dos recursos financeiros, as tecnologias de desenvolvimento e a transferência de capacitação. Trata-se de uma agenda alargada e ambiciosa, “feita por pessoas para pessoas”, e que promove a paz, a justiça e instituições eficazes.
Esta agenda é fruto do trabalho conjunto de governos e cidadãos de todo o mundo que pretende criar um novo modelo global para acabar com a pobreza, promover a prosperidade e o bem-estar de todos, proteger o meio ambiente e combater as alterações climáticas.

Ana José Cabeça, aluna do 5º G, 2018/2019

“Os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) são a nossa visão comum para a Humanidade e um contrato social entre os líderes mundiais e os povos. São uma lista das coisas a fazer em nome dos povos e do planeta, e um plano para o sucesso.”
Ban Ki-moon, antigo Secretário-Geral da ONU

bty

O 5ºB, na disciplina de Cidadania e Desenvolvimento, desenvolveu o Projeto de Turma, “BT – Brigada pela Terra”.
Uma das atividades mais relevantes consistiu em, semanalmente, os alunos da turma, devidamente equipados de coletes com o símbolo BT, projetado e construído em Educação Visual, circularem pela escola e recolherem lixo, separando o plástico, o papel e os resíduos orgânicos. O principal objetivo foi sensibilizar os restantes alunos para a importância de manter a escola limpa.
A turma também aproveitou para observar a Natureza e aprender um pouco mais sobre as plantas e animais que se encontram no espaço exterior da sala de aula.

Vitória Pinto, diretora da turma do 5º B

bty
podes gostar também
Deixa um comentário